Moradores de edifício na Velha não sabem quando poderão voltar para casa

Estrutura danificada por um rompimento de caixa d'água precisa ser reconstruída

Moradores de edifício na Velha não sabem quando poderão voltar para casa

Estrutura danificada por um rompimento de caixa d'água precisa ser reconstruída

Redação

Os moradores do bloco 13 do residencial Cancún, que foi atingido por 20 mil litros de água após o rompimento de uma caixa d’água, ainda não sabem quando irão voltar para casa. São cerca de 30 pessoas que estão abrigadas com familiares ou em hotéis bancados pelo condomínio.

De acordo com o síndico do edifício, Vanderlei Pereira, o projeto de contenção da laje deve ser apresentado aos bombeiros ainda nesta terça-feira, 14. Apenas após este serviço a edificação será reconstruída.

“Precisamos garantir a segurança dos moradores, mas também dos trabalhadores. A laje tem 13 toneladas, então ela precisa estar segura para quebrar as laterais e reconstruir o que foi destruído antes de colocar uma nova caixa lá dentro”, explica o síndico.

Enquanto as obras não forem concluídas e os bombeiros e a Defesa Civil liberarem o acesso dos moradores, eles continuarão sem poder voltar para casa. Os gastos com o serviço serão bancados pelo seguro, porém Pereira afirma que irá lutar para que a construtora também seja responsabilizada.

“Eles estão dando suporte com o projeto de reconstrução, porém vamos aguardar a investigação para ver se eles realmente não tem mais responsabilidade”, alegou.

Um vídeo gravado por moradores logo após o incidente mostra uma cascata que se formou na escadaria do prédio. Alguns tentam ajudar a correnteza empurrando a água degrau abaixo, tentando evitar que ela entre nos apartamentos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo