Nova greve no domingo? Forças de segurança e transportadoras desmentem boatos

Líder do movimento dos caminhoneiros em Indaial desmente organização de mais bloqueios

Nova greve no domingo? Forças de segurança e transportadoras desmentem boatos

Líder do movimento dos caminhoneiros em Indaial desmente organização de mais bloqueios

Julia Schaefer

Colaborou Evandro de Assis

Desde que as estradas catarinenses foram liberadas para o trânsito de veículos de carga, entre terça e quarta-feira, começaram a circular mensagens via WhatsApp sobre uma suposta nova onda de greves, que começaria domingo. Tratam-se de boatos, segundo Polícia Rodoviária Federal (PRF), Exército e transportadoras.

A reportagem do Município Blumenau conversou com forças de segurança e com um representante da paralisação de caminhoneiros em Indaial. Ninguém tem informações, nem mesmo os setores de inteligência, sobre grandes protestos a partir de domingo.

De acordo com o setor de comunicação da Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina, o órgão está acompanhando a situação. Lideranças do movimento dos caminhoneiros ouvidas pela PRF negaram que haverá nova greve.

A PRF informa que há amplo diálogo com os manifestantes, e que os lados de cada um são entendidos, mas que continua acompanhando as movimentações com capacidade de reação rápida no caso de surgir algum outro foco.

Sobrevoo do Exército

Nesta sexta-feira, uma aeronave da Força Aérea Brasileira sobrevoou as principais rodovias catarinenses com integrantes do comando da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército e da Superintendência da PRF no estado. Eles encontraram estradas liberadas e mercadorias em circulação.

Segundo a Brigada, não há qualquer informação confirmada sobre novos protestos de grande porte nas estradas catarinenses.

A reportagem também procurou a Polícia Militar em Blumenau, mas a corporação informou que o setor de inteligência só compartilharia informações após receber autorização do comando.

Um dos líderes de uma das maiores concentrações de caminhoneiros na BR-470 informou que desconhece a organização de novas paralisações do setor em Santa Catarina. Magrão, como é conhecido, pediu para não ser identificado porque teme represálias por ter participado do movimento.

Segundo ele, o grupo que estava em Indaial aguarda negociações em Brasília, onde caminhoneiros prometem iniciar uma concentração.

 

Transportadoras

A Federação das Empresas de Transporte de Cargas de Santa Catarina (Fetrancesc) divulgou nota em que chama de fake news a possibilidade de uma grande paralisação neste domingo, dia 3.

Reiteramos que já houve confirmação por parte do Ministério dos Transportes de que o trabalho dos grupos de segurança continuam presentes para evitar novos bloqueios. E que a Polícia Rodoviária Federal de SC assegura se tratar de uma notícia falsa.

Também orientamos para que tenham cuidado com o compartilhamento destas notícias, pois, além de disseminarem uma informação não verídica, dão credibilidade a mal-intencionados que incitam a desordem”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio