+

Preços do gás de cozinha e combustíveis reduzem inflação de Blumenau

Índice de Variação Geral de Preços (IVGP) ficou abaixo da expectativa dos economistas

De acordo com o Índice de Variação Geral de Preços (IVGP), feito mensalmente pelo departamento de Economia da Furb, os preços caíram no mês de junho em Blumenau. A variação ficou em -0,07%, quando o esperado pelos economistas era aumento de até +0,50%.

As baixas de destaque do mês ficaram com o gás de cozinha, que teve diminuição de -5,88%, combustível (-2,11%) e alimentos semi-industrializados (-1,01%). Os preços que mais aumentaram foram os de serviços de recreação (+1,98%), produtos de higiene (+1,71%), e alimentos in-natura (+0,86%).

O coordenador da pesquisa, professor Jamis Piazza, explica que a diminuição registrada é consequência, principalmente, da grande variação registrada no preço dos combustíveis. Primeiramente houve uma acréscimo acima do esperado, e após houve queda acentuada.

“Quando cotamos o preço do combustível tava R$ 4,57, quando foi cotado no final do mês de junho, chegou a R$ 3,99”, exemplifica.

Mesmo que a redução da média de preços tenha sido consequência da greve dos caminhoneiros, Piazza projeta estabilidade até o fim do ano. De acordo com o professor, a inflação deve encerrar abaixo de 3%, índice também abaixo do esperado.

O único fator que pode interferir nesta estabilidade, de acordo com Piazza, é o período eleitoral. O cenário interfere diretamente na cotação do dólar, e é ele quem determina, indiretamente, a variação dos preços. Ou seja, se o real desvalorizar muito, pode refletir nos preços.

Até agora, a média de inflação acumulada nos últimos 12 meses ficou em +1,69%. A pesquisa desenvolvida pela Furb para definir o IVGP tabela os preços de 511 itens.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo