+

Projeto de Blumenau quer ajudar aluna com deficiência visual a comprar aparelho de leitura

Torcedora do Metropolitano, Larissa é apaixonada por livros e por futebol

Larissa Lembeck, uma estudante de Blumenau de 14 anos, é apaixonada por livros e por futebol. Torcedora do Metropolitano e do Vasco da Gama, a adolescente adora acompanhar os jogos ao lado do pai. Até aí, ela se parece com muitos jovens da idade dela. Entretanto, a aluna enfrenta uma deficiência visual que a impede de assistir às partidas e a ler.

Vítima de retinopatia da prematuridade, Larissa vibra pelos times do coração a partir da narração do pai. Porém, ela ainda não pôde realizar o seu maior sonho: ler sozinha. Para isso, a adolescente precisa de um aparelho chamado Linha Braille. Ao ser ligado ao computador, ele transforma o conteúdo em informação tátil. Assim, ela consegue fazer a leitura.

Para que a estudante do EBM Machado de Assis possa ser independente, o projeto Sonho em Viver iniciou uma vaquinha para arrecadar o valor necessário para comprar o equipamento. O Linha Braille custa em média R$ 8,9 mil. Até esta segunda-feira, 9, as doações não chegaram a R$ 2,5 mil.

O foco do Sonho em Viver é conectar os sonhadores diretamente aos realizadores. O projeto raramente abre financiamentos coletivos como esse. Porém, por se tratar de um preço alto, muitas pessoas que queriam ajudar Larissa com valores menores pediram pela possibilidade.

“A Larissa, através de sua alegria em viver, otimismo e perseverança, já nos presenteou com muitos exemplos, fazendo de nós seres humanos melhores. E agora podemos fazer algo em troca, possibilitando que ela realize esse grande sonho”, declara Adriana Constante, que publicou a campanha.

Facebook/Reprodução

A vaquinha foi compartilhada pelo Clube Atlético Metropolitano nesta sexta-feira, 6. Em sua página do Facebook, o time blumenauense pediu para que os torcedores contribuam com a causa e reuniu mais de 140 curtidas.

É possível contribuir com qualquer valor a partir da vaquinha. Já são mais de 25 apoiadores, entre eles professores, familiares e moradores de Blumenau que se solidarizaram pela história de Larissa.

Apaixonada por esporte

Fanática pelos dois times, Larissa já realizou o sonho de conhecer os jogadores de ambos. O Metropolitano foi quem organizou a surpresa. Já em dezembro, a adolescente viajou ao Rio de Janeiro com o pai e os irmãos para acompanhar os jogadores do Vasco e entrar em campo com eles. Mais um desejo realizado pelo Sonho em viver.

Arquivo pessoal

A jovem participa da equipe de natação do paradesporto de Blumenau e já conquistou duas medalhas de ouro e uma de prata no Parajesc. Ela foi convidada para representar Santa Catarina nas Paralímpiadas Escolares e voltou para casa com medalha de ouro nos 50 metros costas.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo