Torturas físicas e psicológicas: homem é preso em Blumenau após série de agressões contra mulher

Foram os pais que ajudaram vítima a denunciar

Torturas físicas e psicológicas: homem é preso em Blumenau após série de agressões contra mulher

Foram os pais que ajudaram vítima a denunciar

Redação

A Polícia Civil, por meio da da Delegacia de Polícia de Proteção à Mulher, à Criança e ao Adolescente (DPCAMI) e da Divisão de Investigação Criminal (DIC), efetuou a prisão preventiva do autor de diversos crimes cometidos com violência extrema em ambiente doméstico nesta quarta-feira, 12, em Blumenau.

A vítima, de 30 anos, estava em um relacionamento com o autor há poucos meses e, além das agressões físicas, que lhe causaram danos graves, sofreu violência psicológica constante do autor, o que lhe inviabilizava a busca pela polícia.

As agressões eram constantes, duravam horas e foram cometidas em frente ao filho da vítima, que também sofria agressões.

Os pais da vítima que procuraram a Polícia Civil, que representou pela prisão preventiva, a qual teve a anuência do Ministério Público e foi decretada pelo Poder Judiciário. A prisão ocorreu no final da tarde da última quarta-feira em ação coordenada pelo delegado Rodrigo Raitez

O delegado Felipe Orsi, que preside a investigação, destaca a importância da ação dos familiares da vítima, os quais perceberam a situação de violência e buscaram amparo da Polícia, evitando, assim, um possível final trágico.

Segundo ele, familiares e amigos devem servir como uma rede de proteção em casos como esse, nos quais a vítima encontra-se impossibilitada de registrar ocorrência e devem trazer os fatos ao Poder Público.

O inquérito policial deve ser finalizado nos próximos dias e encaminhado ao Poder Judiciário de Blumenau. O autor deve responder por tentativa de feminicídio, tortura, cárcere privado, lesões corporais, violência psicológica, dentre outros delitos. O homem já havia cometidos crimes de mesma natureza contra outras mulheres.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo