Turbidez da água: Prefeitura de Blumenau decreta estado de alerta e irá multar desperdícios

Decreto foi assinado na manhã desta segunda-feira

Turbidez da água: Prefeitura de Blumenau decreta estado de alerta e irá multar desperdícios

Decreto foi assinado na manhã desta segunda-feira

Marlos Glatz

A vice-prefeita Maria Regina de Souza Soar, que assumiu a Prefeitura de Blumenau interinamente na manhã desta segunda-feira, 16, assinou um decreto de estado de alerta devido à turbidez de água e irá multar desperdícios.

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) foi autorizado a fiscalizar toda cidade, com objetivo de constatar desperdícios de água. Ao verificar o uso excessivo, o fiscal orientará verbalmente e também vai notificar o morador para não se repetir. Ao persistir o desperdício da água, o fiscal emitirá um termo de ocorrência de irregularidade.

Em caso de reincidência, o morador terá a interrupção do fornecimento de água. O usuário vai ter a volta do fornecimento somente 72 horas após o acontecimento. Além disso, também terá uma cobrança de multa e do preço de serviço de verificação.

Infração

A infração será considerada gravíssima. A multa será equivalente a 25 vezes a tarifa mínima. Em novas reincidências, os valores e a interrupção do fornecimento dobrará.

Turbidez

Até às 6h30 desta segunda-feira, o Samae informou que os níveis de turbidez na água do Rio Itajaí-açu apontou 309 NTU.

A ETA II voltou a operar com 100% de capacidade de tratamento de água e a ETA I permanece com 50%. Durante esta segunda, os níveis de turbidez deverão oscilar devido às chuvas ocorridas durante a noite de domingo em algumas cidades do Vale do Itajaí.

Leia também:
1. Empresário de Blumenau é um dos principais suspeitos de financiar atos de vandalismo em Brasília, diz reportagem

2. VÍDEO – Homem é executado a tiros em frente de casa em Balneário Camboriú
3. Trimania: oito blumenauenses vencem prêmios no sorteio deste domingo
4. Calendário 2023 da coleta especial de Blumenau é divulgado
5. Identificado jovem motorista que morreu após colidir em caminhão na BR-470

– Assista agora:
Como surgiu o projeto Caridade Sem Fronteiras e ligação com Irmã Lúcia

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo