Vereadores de Timbó rejeitam licença do ex-presidente da Câmara, condenado por homicídio

Ivonir foi condenado a 20 anos de prisão

Vereadores de Timbó rejeitam licença do ex-presidente da Câmara, condenado por homicídio

Ivonir foi condenado a 20 anos de prisão

Marlos Glatz

Na sessão desta terça-feira, 29, os vereadores de Timbó rejeitaram o requerimento de licença não remunerada de 120 dias ao vereador Ivonir José Scherer. Ivonir, que é ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, foi condenado a 20 anos por homicídio.

A licença foi rejeitada por seis votos a zero. Além de Ivonir, Haroldo Fiebes também esteve ausente na sessão. Ivonir está com mandado de prisão em aberto e segue foragido.

Condenação

Ivonir Scherer, então presidente da Câmara de Vereadores de Timbó, foi condenado a 20 anos de prisão pela morte de Jorge Marafigo, em 2014.

Ele foi condenado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio. Cabe recurso da decisão e, por isso, ele pode continuar respondendo o processo em liberdade.

Também foram condenados Artur de Souza e Juarez Ribeiro, sendo este último a 14 anos de reclusão.

O juiz também determinou a perda do mandato do vereador, entretanto, ele pode permanecer no cargo até que todas as possibilidades de recurso, em todas as instâncias, sejam esgotadas.

O crime

O crime aconteceu em fevereiro de 2014. A vítima, Jorge Marafigo, de 53 anos, foi espancado durante uma briga de bar, no município de Doutor Pedrinho, na qual Ivonir esteve envolvido.

Além de Jorge, que não resistiu aos ferimentos, Rodrigo Odorizi também ficou ferido. Ele teve afundamento do crânio e precisou passar por cirurgia.


Assista agora mesmo!

No bar da Zenaide, Sargento Junkes bate papo com o protetor animal Diogo Orsi:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo