VÍDEO – “Sempre me falam que não tem lugar como este em Blumenau”; conheça o exótico Bar do Osama

Bar retrô foi criado pelo famoso e excêntrico "Osama do Garcia"

VÍDEO – “Sempre me falam que não tem lugar como este em Blumenau”; conheça o exótico Bar do Osama

Bar retrô foi criado pelo famoso e excêntrico "Osama do Garcia"

Kamile Bernardes

Marcos Vinotti, ou Osama – como é conhecido no chamado “Reino do Garcia” – é um grande colecionador de memórias. Alguns podem chamá-lo de acumulador. No entanto, como ele mesmo diz, é um acumulador organizado e com propósito.

Com 42 anos, o blumenauense transformou um espaço comum na rua Centenário, no bairro Valparaíso, em um local capaz de proporcionar uma viagem no tempo através da lembrança singular de cada um que visita o Osama’s Bar.

Decoração retrô do Osama’s Bar, localizado na rua Centenário, em Blumenau. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

O pub é estimado pelos clientes por conta da irreverência e estilo, tanto do espaço quanto do proprietário. Marcos retirou inúmeros objetos antigos que ficavam na garagem de casa e fez o bar de acervo.

Quem visita o bar do Osama encontra desde máquinas de fliperama até um capô de Fusca que serve como moldura para uma televisão.

Televisão em um capô de Fusca. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Osama do Garcia

O Osama’s Bar, ou Bar do Osama, como é popularmente chamado, nasceu em 2021, época em que o Brasil iniciava a vacinação contra a Covid-19 e as pessoas voltavam a sair de casa com maior tranquilidade. Entretanto, o personagem “Osama”, faz parte da vida de Marcos há muito mais tempo.

Tudo começou em 2013, quando ele voltou para Blumenau após 10 anos vivendo na Itália. Na época usava um cavanhaque, e os amigos da região do Valparaíso brincavam: “Vai ficar igual ao Osama bin Laden”. Marcos, que não perde a oportunidade de entrar em uma brincadeira, deixou a barba crescer e assumiu o personagem.

“Adoro uma zoeira. Levo tudo na brincadeira sempre, a vida já é tão severa. E aqui em Blumenau todo mundo leva na piada também, nunca tive problemas por causa do personagem”, afirma.

Marcos Vinotti, o famoso “Osama do Garcia”. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Bombou

Para completar, ele tem um Fiat Marea – modelo que possui a fama de “bomba” por conta de um problema mecânico que costumava fazer muitos carros pegarem fogo -, e anda com o veículo pelas ruas da cidade, provocando risadas em quem entende o contexto da situação.

“O nome do bar surgiu por conta do personagem e acaba ficando fácil de as pessoas relacionarem que eu sou o dono, afinal, quem é o louco que anda com um Marea e tem o apelido de Osama? Só eu, né?”, indaga, aos risos.

Com muito bom humor e irreverência, o Osama do Reino do Garcia já fez muita história em Blumenau. Recentemente, um vídeo de uma das brincadeiras de Marcos com o Marea se espalhou na internet. Ele foi flagrado andando pelas ruas de Blumenau com o veículo, com a frase “Partiu Ucrânia, chupa Putin” escrita na traseira do carro.

Fiat Marea do Osama do Garcia. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Da oficina para o pub

O bar, que completa um ano no dia 16 de julho, costumava ser uma oficina mecânica. Porém, desde 2016, antes mesmo de ser reconhecido por isso, o espaço já abrigava em sua estrutura inúmeros objetos antigos, que fazem parte da vida, história e personalidade do saudosista Marcos.

Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Durante a pandemia de Covid-19, ele tomou a decisão de mudar de setor. O que motivou a atitude foi a grande concorrência na área de consertos de automóveis na cidade. Entretanto, a paixão por carros antigos, que cultiva desde a infância, não o permitiu que se afastasse completamente da área.

Quem visita o Osama’s consegue perceber que a decoração do ambiente é muito voltada para o setor automotivo, porém, de uma maneira um tanto diferenciada. O humor e autenticidade do proprietário transparece nas criações expostas no estabelecimento.

Osama’s bar. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Criatividade e curiosidade

No estabelecimento, Marcos libera toda sua engenhosidade. A maioria das coisas que estão à mostra lá, foram feitas por ele, ou, ao menos garimpadas em ferros-velhos e transformadas em novos objetos através da inventividade do Osama de Blumenau.

Decoração do Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Para abrir o bar, Marcos apenas construiu mesas e abusou ainda mais da criatividade na decoração. Por exemplo, o palco para as atrações musicais se apresentarem é em cima de uma caminhonete, a churrasqueira onde Marcos prepara os hambúrgueres para os clientes fica na parte traseira de uma Kombi, e a torneira do banheiro masculino é, na verdade, uma bomba de combustíveis.

“Eu e meu pai fizemos algumas mesas, tudo baseado na criatividade. Com três caixas de cerveja e uma tampa fizemos uma mesa para quatro pessoas. Também montamos outra com a estrutura de uma mesa de costura antiga”, comenta.

Quando questionado sobre de onde vem toda essa criatividade, o Osama do Reino do Garcia responde que surge através da curiosidade: “Sou muito curioso, desde criança. Com 12 anos eu desmontava os rádios da minha nona para ver o que tinha dentro”.

“Gosto de construir coisas diferentes e sempre fui meio autodidata. Costumo pegar alguns objetos no lixo e transformá-los. Tenho uma criatividade rápida, seja para fazer piadas ou construir alguma coisa”, diz Marcos.

Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Da Itália para o Brasil

No período em que estava na Itália, Marcos pintou 44 placas, que hoje estão expostas no bar. Quando decidiu voltar para o Brasil, ele trouxe uma tonelada de coisas da Itália.

Muitos dos artigos que compõem a decoração do bar foram trazidas de lá. Marcos conta que, na época, gastou quase R$ 20 mil para trazer os objetos, por viagens de navio e transporte aéreo.

Nostalgia e preservação da memória

Nostalgia é a sensação que acomete a maioria dos clientes quando visitam o Osama’s Bar. Para o proprietário, é muito importante preservar o que é antigo, ele tem isso como traço de personalidade e propósito.

Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

“O bar mostra o meu estilo e a minha personalidade, que são marcados pela valorização do que é antigo. Se pessoas como eu não guardassem essas coisas, os jovens de hoje em dia jamais iriam saber o que é um carrinho de rolimã ou um fliperama, por exemplo”, relata.

Decoração do Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Quando questionado sobre os objetivos futuros, Marcos diz que o intuito é manter o estabelecimento aberto, para que todos tenham a chance de conhecer o local e se sentirem abraçados pelos objetos antigos e as respectivas memórias eles despertam em cada um.

“Eu gosto muito de ver a empolgação das pessoas quando vêm a primeira vez aqui. Eles começam a relembrar e falar coisas como ‘esse fogão a minha avó tinha, andei muito de 147, jogava muito fliperama etc’, eu me sinto feliz em preservar essas memórias”, fala.

Atmosfera do ambiente

De acordo com Marcos, o Bar do Osama é o lugar perfeito para um Happy Hour com os amigos. Além da decoração retrô, que lembra as lanchonetes norte americanas dos anos 80, o bar possui muitos objetos que não são mais utilizados nos dias atuais, como, por exemplo, relógio de ponto, máquina de fax e carrinho de rolimã.

Relógio de ponto antigo exposto no Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

“As pessoas sempre voltam ao bar e dizem que não conseguiram ver tudo na primeira vez que vieram. É comum de quem vem aqui ficar meio perdido, por conta de tantas coisas que tem para olhar”, comenta o proprietário.

Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau

Outra especificidade do Osama’s que atrai o público é a música que costuma tocar no ambiente. Marcos gosta de ouvir rock nacional e pop rock, e acredita que esse estilo musical combina com o estilo do bar, que é voltado para o automobilismo. Ocasionalmente acontecem shows ao vivo de bandas de rock, festas com DJ e eventos temáticos, como noites de flashback.

“O automobilismo remete ao rock, por isso combina com o local. Um dia um rapaz do Rio de Janeiro me pediu para ouvir pagode. Eu falei que não era o que costumava tocar aqui, mas coloquei para agradar ele. Quando outros clientes chegaram estranharam a música, por não ser o comum”, diz.

Confira o vídeo do local:

Cardápio

No cardápio, além do famoso chopp gelado, o bar oferece os chamados “petiscos de boteco”. Dentre as opções, está o hambúrguer de costela feito na grelha, batata frita, cerveja, refrigerantes e bebidas destiladas.

Segundo o proprietário, o ambiente não é uma competição com restaurantes, mas sim o local perfeito para uma confraternização entre amigos.

“Sempre me falam que não tem nenhum lugar como este em Blumenau. É uma experiência diferente dos outros lugares onde você apenas senta, se alimenta e depois vai embora. Aqui as pessoas relembram o passado”, explica Marcos.

Cardápio exposto no Bar do Osama. Foto: Kamile Bernardes / O Município Blumenau.

Horários e eventos

Quem deseja vivenciar a experiência proporcionada no Bar do Osama, pode visitar o local de terça a quinta das 17h30 até às 23h, às sextas até 00h, e aos sábados das 19h até 00h.

Nos sábados e domingos o espaço pode ser lugado para eventos. O Osama’s já foi palco para aniversários de crianças, adultos, e até para noivados. Quando o espaço está locado, o proprietário avisa os clientes através de publicações no Instagram.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo