23º Batalhão de Infantaria recebe treinamento para situações de calamidade

O evento acontecerá de 13 a 18 de maio, em Blumenau, Pomerode, Gaspar e Itajaí

23º Batalhão de Infantaria recebe treinamento para situações de calamidade

O evento acontecerá de 13 a 18 de maio, em Blumenau, Pomerode, Gaspar e Itajaí

Redação

O quartel do 23º Batalhão de Infantaria receberá o 2º Exercício de Força de Ajuda Humanitária, uma espécie de treinamento para situações de calamidade. O evento acontecerá de 13 a 18 de maio, em Blumenau, Pomerode, Gaspar e Itajaí.

O treinamento tem como foco procedimentos como a organização da estrutura de apoio à
população, emprego de material e pessoal habilitado a executar ações de busca, transporte e alojamento de desabrigados, distribuição de itens emergenciais, apoio de saúde e emprego de meios de segurança pública em situações extraordinárias.

Além da tropa sediada em Blumenau, outras vindas de Florianópolis, Joinvile, Criciúma, Tubarão e Porto União (SC), e de Curitiba (PR), participarão do exercício. Serão empregados cerca de 600 militares, homens e mulheres, operando viaturas militares, aeronaves, equipamentos leves e pesados de engenharia, meios de transmissão de dados e instalações militares de campanha.

O evento

O Exército Brasileiro participa, em todo o território nacional, de atividades de apoio à população em situações de calamidade, tais como as desencadeadas nas enchentes do Vale do Rio Itajaí (SC), nos anos de 1983 e 2008, e nos deslizamentos de terra na região serrana do Rio de Janeiro, em 2010.

Em consonância com a Constituição Federal e a Lei Complementar n.º 97, de 1999, e no
cumprimento das missões precípuas e subsidiárias das Forças Armadas, o Exército mantém efetivos militares em condições permanentes de atuar em ajuda humanitária à população brasileira.

Nesse sentido, com a finalidade de ampliar a capacidade operativa das tropas, o Comando Militar do Sul promoverá um exercício, empregando a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, a fim de propiciar o adestramento necessário à rápida atuação das forças de ajuda humanitária.

Sediada em Santa Catarina, a 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, possui experiência de operação em situações de calamidade ocorridas no interior do estado, principalmente nas cidades da região do Vale do Rio Itajaí-Açú. Desde o findar do ano de 2016, o Comando da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada vem somando esforços, organizando e treinando seus meios orgânicos em função de operações de ajuda humanitária, concluindo esta fase com um exercício de adestramento.

O primeiro exercício foi realizado em novembro de 2017, na cidade de Rio do Sul, SC, onde foram experimentadas situações de apoio e socorro, em eventos comuns à situações de calamidade ocasionadas por chuvas continuadas. A atuação conjunta com a Defesa Civil Municipal, com a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do estado de Santa Catarina foi essencial para a experimentação e adestramento de todos os agentes voltados ao apoio à população.

O exercício contatará com a participação ativa do Governo do Estado de Santa Catarina, tendo como agentes a Secretaria de Estado de Defesa Civil, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar. A operação interagências será a tônica da atuação de todos os integrantes dos Grupo de Ações Coordenadas (GRAC), acionados nas cidades sede, além dos Centros Integrados de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD) de Blumenau e Itajaí, estruturas permanentes da Secretaria Estadual de Defesa Civil.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo