Blumenau tem 352 mil habitantes, estima IBGE

Cidade segue como a terceira mais populosa do estado

Blumenau tem 352 mil habitantes, estima IBGE

Cidade segue como a terceira mais populosa do estado

Redação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira, 29, as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros. Blumenau segue como a terceira cidade mais populosa do estado, com 352.460 moradores, atrás de Florianópolis (492 mil) e Joinville (583 mil). Estima-se que  Santa Catarina tenha pouco mais de 7 milhões de habitantes. O Brasil, 208,5 milhões.

Conforme os dados, estima-se que a região do Médio Vale do Itajaí tenha 782.458 mil habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 1,49% entre 2017 e 2018. De acordo com a Projeção da População (Revisão 2018), Santa Catarina cresceu 1,26% e o Brasil 0,82%.

O município de Blumenau continua sendo o mais populoso da região, com 352.460 habitantes, seguido por Brusque (131.703 habitantes), Gaspar (68.465 habitantes) e Indaial (67.923 habitantes). No Médio Vale do Itajaí, Doutor Pedrinho é o município de menor população, 4.013, seguido de Botuverá, com 5.169 habitantes. Entre 2017 e 2018, o município de Guabiruba foi o que apresentou maior crescimento populacional – 2,38%. Seguido dele, vem Brusque (2,24%) e Indaial (2,14%).

Números nacionais 

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,2 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,7 milhões de habitantes), Brasília e Salvador (cerca de 3,0 milhões de habitantes cada).

Dezessete municípios brasileiros têm população superior a 1 milhão de pessoas e, juntos, eles somam 45,7 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil. Serra da Saudade (MG) é o município brasileiro de menor população, 786 habitantes, seguido de Borá (SP), com 836 habitantes, e Araguainha (MT), com 956 habitantes.

No ranking dos estados, os três mais populosos estão na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos estão na região Norte. O líder é São Paulo, com 45,5 milhões de habitantes, concentrando 21,8% da população do país. Roraima é o estado menos populoso, com 576,6 mil habitantes (0,3% da população total).

As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos. Esta divulgação anual obedece ao artigo 102 da Lei nº 8.443/1992 e à Lei complementar nº 143/2013.

As populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais municipais ocorridas após 2010.

Em 2018, pouco mais da metade da população brasileira (57,0% ou 118,9 milhões de habitantes) vive em apenas 5,7% dos municípios (317), que são aqueles com mais de 100 mil habitantes.

Os municípios com mais de 500 mil habitantes (46) concentram 31,2% da população do país (64,9 milhões de habitantes). Por outro lado, a maior parte dos municípios brasileiros (68,4%) possui até 20 mil habitantes e abriga apenas 15,4% da população do país (32,1 milhões de habitantes).

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo