Coronavírus: Três senadores propõem adiar as eleições municipais de 2020 para 2022

Assunto tem ganhado força entre os senadores

Coronavírus: Três senadores propõem adiar as eleições municipais de 2020 para 2022

Assunto tem ganhado força entre os senadores

Redação O Município Blumenau

As propostas legislativas de adiamento das eleições municipais de 2020 para 2022, devido à pandemia do novo coronavírus, têm ganhado força entre senadores.

O líder do PSL, senador Major Olimpio (SP), defende a unificação dos pleitos federais, estaduais e municipais, evitando-se, assim, os gastos com as campanhas eleitorais deste ano.

A economia esperada, segundo Major Olimpio, seria de até R$ 1,5 bilhão, além dos recursos do fundo eleitoral, que não seriam utilizados. Ele enviou um ofício ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo o adiamento das eleições.

O senador Elmano Férrer (Podemos-PI), também defende o adiamento e diz que as verbas das campanhas sejam destinadas a estados e municípios na luta contra a Covid-19.

O adiamento das eleições municipais deste ano para 2022 também é proposta pelo senador Wellington Fagundes (PL-MT). Ele reitera que as verbas precisam ser direcionadas à saúde porque a prioridade é salvar vidas.

Para adiar o pleito, é preciso aprovar uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que depende do aval de três quintos da Câmara dos Deputados (308 dos 513 votos) e do Senado (49 dos 81 votos).

Com informações da Agência Senado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo