Mercado de trabalho de Blumenau perde empregos pelo terceiro mês seguido

Resultados negativos coincidem com o período pós-greve dos caminhoneiros

Mercado de trabalho de Blumenau perde empregos pelo terceiro mês seguido

Resultados negativos coincidem com o período pós-greve dos caminhoneiros

Evandro de Assis

Blumenau perdeu 247 vagas de emprego no mês de julho. Os dados, que constam do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, representam a diferença entre pessoas contratadas e demitidas no período.

Foi o terceiro resultado negativo seguido. Desde maio, mês da greve dos caminhoneiros, Blumenau já perdeu 928 empregos. Em relação a julho do ano passado (-698 vagas), porém, o quadro melhorou.

O resultado ruim do mês passado teve forte relação com demissões na indústria (-203 vagas). Comércio (-62) e serviços (-35) também registraram piora.

No acumulado de 2018, a economia de Blumenau criou 3,5 mil novas oportunidades de emprego, considerando a diferença entre admissões e demissões.

Mais notícias de Blumenau e região

Batida entre carro e moto deixa jovem de 19 anos gravemente ferido, em Blumenau

Instabilidade se afasta e sol volta a aparecer em Blumenau nesta quinta-feira

Motorista que se envolveu em acidente com ônibus do Metropolitano está na UTI

“Decisão do governo do estado não contribui para a segurança pública de Blumenau”

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio