Moradores se mobilizam no Centro de Blumenau e pedem pela ligação Velha-Garcia

Associações de moradores estão recolhendo assinaturas

Moradores se mobilizam no Centro de Blumenau e pedem pela ligação Velha-Garcia

Associações de moradores estão recolhendo assinaturas

Bianca Bertoli

Quem passar próximo à escadaria da Catedral São Paulo Apóstolo na manhã deste sábado, 9, perceberá uma mobilização de moradores. O grupo pede por assinaturas para que um antigo projeto saia do papel: a ligação Velha-Garcia. A movimentação no Centro de Blumenau deve terminar às 12h.

A ação é liderada pela União Blumenauense das Associações de Moradores e Entidades Afins (Uniblam) e Associação de Moradores do Bom Retiro (Amabre). O 1º secretário da Amabre, Carlos Vilella, explica que esta é a etapa final da mobilização, que começou em setembro.

A rua Willi Henkels, que liga as ruas Bruno Rudiger, no bairro Velha, à Antônio Zendron, no Distrito do Garcia, está bloqueada desde o desastre de 2008. Moradores dessas regiões enxergam na reabertura do caminho uma possibilidade de desafogar o trânsito, já que não seria mais necessário atravessar a cidade para chegar de um ponto a outro. Além, é claro, de encurtar o tempo de deslocamento entre o Leste e Sul de Blumenau.

Foram distribuídas centenas de folhas de abaixo-assinado entre as associações, que buscam atingir dez mil assinaturas. A ideia é levar o documento à Câmara de Vereadores ainda neste mês, em uma audiência pública que discutirá o tema.

“Não temos um projeto, queremos que a antiga ligação seja reaberta ou que o Executivo faça uma nova ligação”, explicou Vilella.

Divulgação

Até às 9h30 os voluntários já contavam com cerca de 400 novas assinaturas.

Obra complexa

O assunto é tratado com cautela pela Prefeitura, principalmente após o desastre de 2008. À época, a rua Willi Henkels, aberta nos anos 1990, que era precária e sem qualquer tipo de sinalização ou iluminação, foi atingida por desmoronamentos.

O local é considerado de alto risco geológico pela Defesa Civil. Fica em meio à mata e com precipícios em alguns pontos. Um estudo realizado pelo município apontou que, para viabilizar a obra no trecho de quatro quilômetros, seriam necessários R$ 350 milhões. De acordo com a análise, há a necessidade de construir um túnel em parte da via.

São tantos entraves ambientas, financeiros e geológicos que, até o momento, nenhum gestor de Blumenau tirou a ideia da gaveta.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo