Saúde à Mesa

Formada em Nutrição pela Furb, Vanessa de Souza atende em Blumenau e publica semanalmente sobre saúde e boa alimentação.

Entenda o que é índice glicêmico e qual a sua importância

Saúde à Mesa

Formada em Nutrição pela Furb, Vanessa de Souza atende em Blumenau e publica semanalmente sobre saúde e boa alimentação.

Entenda o que é índice glicêmico e qual a sua importância

Saúde à Mesa

Índice glicêmico. Você já ouviu anteriormente o termo? Se você sabe o que é glicemia, então consegue imaginar talvez que o índice glicêmico tem relação com consumo de carboidratos, certo? Se esse assunto te interessa, então continue lendo.

O índice glicêmico é uma informação que nos diz o quanto determinado alimento tem o potencial de aumentar a sua glicemia, açúcar no sangue, comparado a um carboidrato base (normalmente o pão branco ou glicose). Ou seja, comparado à resposta metabólica dos alimentos base é feita a comparação de todos os outros alimentos (que contenham carboidrato) que existem.

Mas por que é relevante eu ter essa informação? Vamos entender o que de fato o índice glicêmico nos informa. Quando ingerimos um alimento contendo carboidrato, esse será digerido e após, uma quantidade x de glicose (açúcar) será liberada na sua corrente sanguínea, para dessa forma ser utilizada como energia pelo organismo ou então armazenada para uso posterior. Esse açúcar no sangue é chamado de glicemia.

Quanto mais alto o índice glicêmico de um alimento, significa que maiores as chances de você ter uma glicemia mais elevada após a refeição, e em um curto espaço de tempo. A digestão acontece mais rápido também. Em um processo de emagrecimento, não é algo bom, pois você utiliza rapidamente o alimento que consumiu e a sua saciedade não é muito grande. Fazendo com que você sinta fome com mais frequência.

Mas calma, não precisa correr já na internet e procurar qual o índice glicêmico de todos os alimentos que você consome. Alguns detalhes devem ser lembrados. Primeiro, cada organismo reage de uma forma diferente aos alimentos, índice glicêmico é uma média do resultado de uma pesquisa feita com muitas pessoas, onde dentro dessa pesquisa, os valores variavam bastante. Pois o que conta é na verdade a resposta glicêmica, ou seja, a resposta que o seu corpo e metabolismo terá ao digerir os alimentos. E essa resposta varia de pessoa pra pessoa.

Quer dizer então que índice glicêmico não serve pra nada? Claro que serve, pois com ele podemos saber que o açúcar de cozinha tem, com grande probabilidade, uma resposta glicêmica bem mais alta do que uma castanha, por exemplo. Por via de regra, açúcar e farinhas provocam uma elevação na sua glicemia, maior do que alimentos com teor de gordura, fibra ou proteínas mais altas.

Então essa é uma lição importante. Tente sempre mesclar nas suas refeições, alimentos que tenham bastante carboidrato com outros alimentos que tenham quantidades maiores de gorduras, proteínas ou fibras. Dessa forma você muda a resposta glicêmica que aquela refeição terá no seu organismo. Isso porque o seu corpo leva mais tempo para digerir esses outros nutrientes mencionados, fazendo com que a liberação de açúcar na sua corrente sanguínea também aconteça de forma mais lenta. Auxiliando inclusive no controle da saciedade.

Esse texto não tem o propósito de te deixar com medo de consumir carboidratos. Ele é apenas para você entender um pouco melhor como acontece esse “pós consumo” do nutriente. E dessa forma você entender o porque sentimos mais fome ou precisamos de quantidades maiores de alimento, quando consumimos refeições baseadas quase somente em carboidratos.

Vanessa Souza
Nutricionista
CRN10 7320


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo