Saúde à Mesa

Formada em Nutrição pela Furb, Vanessa de Souza atende em Blumenau e publica semanalmente sobre saúde e boa alimentação.

Tenho muita dificuldade para ganhar massa muscular, onde estou errando?

Saúde à Mesa

Formada em Nutrição pela Furb, Vanessa de Souza atende em Blumenau e publica semanalmente sobre saúde e boa alimentação.

Tenho muita dificuldade para ganhar massa muscular, onde estou errando?

Saúde à Mesa

É fato, ganhar massa muscular não é o trabalho mais fácil do mundo para algumas pessoas. Muito vai depender da genética e biotipo de cada uma. Algumas pessoas terão mais facilidade do que outras. Isso não significa que você não possa e não deva desenvolver uma musculatura boa para si mesmo.

Mas existem alguns fatores, além da genética, que podem estar te atrapalhando nessa conquista. O primeiro deles é o exercício físico. Não fazer um exercício que irá estimular o músculo é um erro. Muitas pessoas ficam na esperança de que fazendo um aeróbico está otimizando ao máximo o crescimento muscular, e isso não é verdade. Eu não sou educadora física, então não vou entrar muito a fundo nisso, mas é fato que você precisa ter exercícios de força e de grande impacto muscular para maximizar o seu ganho.

O segundo fator que pode estar te atrapalhando é a alimentação. Você já pensou que pode estar comendo de mais ou de menos? Consumir menos calorias do que você está gastando não é a forma mais rápida de construir músculos, pois desse jeito você está otimizando a queima de gordura, que é uma via contrária da hipertrofia (sim, as duas podem acontecer ao mesmo tempo, mas uma delas será a principal no momento).

Já ao se alimentar demais (muito mais do que o necessário) você vai estar estimulando a hipertrofia, mas ao mesmo tempo pode estar ganhando gordura, que irá dificultar a visualização do músculo no corpo (gordura fica sempre por cima do músculo), então você vai parecer mais inchado do que definido.

A mesma situação acontece se você tem um acúmulo de gordura muito grande e pensa em definição e crescimento muscular, mas faz essa estratégia antes de emagrecer. Você vai levar muito mais tempo pra começar a ver resultados satisfatórios. O melhor nessa situação seria primeiro emagrecer, e depois pensar na hipertrofia.

Ainda nesse assunto da alimentação, você já deve saber, mas consumir uma boa quantidade de proteínas é muito importante. Afinal de contas, a proteína é a base que o seu músculo vai utilizar para “crescer”. Ela é a matéria-prima ali. Porém, não pense também que quanto mais proteína, melhor. Isso não é uma relação contínua. Se houver excesso de proteínas ela pode sim virar gordura ou ser eliminada do organismo sem uso nenhum.

Outro fator que pode estar te atrapalhando é a qualidade do seu sono. Ter uma noite mal dormida, ou várias no caso, ir dormir muito tarde ou dormir poucas horas por noite, pode afetar a sua produção e liberação de GH, um hormônio envolvido diretamente no crescimento de massa muscular. Ah, e se estressar muito também atrapalha viu? Pois vai afetar diretamente a qualidade do seu sono, do seu dia, vai afetar as suas escolhas alimentares e daí pra frente vira uma bola de neve.

Infelizmente quando se trata de saúde, não tem receita mágica ou milagrosa. Existe apenas o “cuidar e fazer o necessário”. Quer melhorar seu condicionamento físico e composição corporal? Vai precisar fazer exercícios, os certos, com frequência (ir 1x na semana na academia não vai resolver muita coisa), se alimentar bem, beber água suficiente e dormir cedo. E não desista por não ver resultado em 2 semanas. Resultado bom e duradouro exige tempo para ser construído.

Vanessa Souza
Nutricionista
CRN10 7320

Whats: 47 991410032
Instagram: @nutrivanessaveg


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo