Suspeitos de agredir rapaz na Antônio da Veiga se apresentam à polícia

Depoimentos foram prestados no final da tarde de sexta-feira (20)

Suspeitos de agredir rapaz na Antônio da Veiga se apresentam à polícia

Depoimentos foram prestados no final da tarde de sexta-feira (20)

Redação

Os suspeitos de agredir um rapaz com caneco de chope na Antônio da Veiga se apresentaram à polícia no final da tarde de sexta-feira (20). O delegado Christian Siqueira optou por não revelar as identidades deles por ambos estarem sofrendo ameaças da comunidade, mas divulgou alguns detalhes dos depoimentos na manhã deste sábado (21).

O homem de 23 anos, que mora no bairro Escola Agrícola, disse que não conhecia a vítima, Eduardo Hostin. Segundo o relato, quando estavam caminhando, Eduardo teria olhado para ele com um “olhar de deboche”, o que o fez atingi-lo de imediato com um caneco de vidro. De acordo com o delegado:

“Depois da agressão, ele disse que viu a vítima se levantando e por isso saiu correndo. Ele foi em direção a universidade, onde a moto dele estava estacionada nas proximidades. O amigo dele disse que ficou surpreso com a atitude do colega e por isso também saiu correndo”.

O delegado Siqueira informou também que mais duas pessoas vão ser intimadas a prestar depoimento e que está aguardando a conclusão do laudo pericial para definir por qual crime o agressor será enquadrado. Ele pode responder por lesão corporal até tentativa de homicídio. Após prestarem depoimento na delegacia, ambos foram liberados e poderão responder em liberdade.

Eduardo, 27 anos, ficou um dia internado no Hospital Santa Catarina com trauma no crânio após ser agredido na madrugada de quinta-feira (19) na saída da Oktoberfest. Ele também prestou depoimento e passou por exame de corpo de delito. O rapaz se recupera bem.

Leia também: “Nunca vi esses caras na vida. Não imagino por que me agrediram”

A cena foi flagrada por uma câmera de segurança. Por volta de 2h, Eduardo deixava a festa acompanhado de outras cinco pessoas. Ele estava ao lado de uma garota, que seria turista de Minas Gerais. De repente, um dos homens golpeia Eduardo pelas costas. Ele cai no chão, e logo se levanta, com o auxílio da garota. Os agressores fogem pela rua.

Confira o vídeo:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio