Taió e Rio do Sul decretam estado de calamidade pública

Santa Catarina tem mais de 26 mil pessoas desabrigadas

Taió e Rio do Sul decretam estado de calamidade pública

Santa Catarina tem mais de 26 mil pessoas desabrigadas

Kamile Bernardes | Revisão

As cidades Rio do Sul e Taió, no Alto Vale do Itajaí, decretaram estado de calamidade pública em decorrência das chuvas. A situação de Taió foi comunicada em um relatório da Defesa Civil, atualizado no fim da manhã desta terça-feira, 17.

Leia também: VÍDEO – Taió vive uma das maiores enchentes da história e imagens impressionam

Situação em Santa Catarina

Até o momento, 133  municípios do estado estão em situação de emergência. Já o número de municípios com registro de ocorrências em função do evento climático permanece em 145. O estado tem seis mortes confirmadas em decorrência das chuvas.

Mais de 26 mil desabrigados

Segundo informações da Secretaria de Assistência Social, Mulher e Família, ao todo são 26.509 desabrigados em Santa Catarina. Atualmente há 184 abrigos ativos atendendo as famílias que ainda não podem voltar para suas casas.

Leia também: Oktoberfest Blumenau será ponto de coleta de doações para afetados pela enchente em Taió

Decreto estadual de emergência

Em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) dessa segunda-feira, 16, o Governo Federal reconheceu a confirmação de estado de emergência em Santa Catarina. O Estado apresentou uma listagem com 160 municípios.

Essa listagem considerou, até o momento da publicação, os municípios que haviam informado algum tipo de ocorrência através do formulário de informação da Defesa Civil Estadual e também aqueles que registraram ocorrência no Sistema Integrado de
Informações sobre Desastres – S2ID do Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional.

A listagem pode ser retificada após avaliação técnica dos municípios que solicitaram recursos federais e apresentaram as documentações comprobatórias. Trata-se de uma
forma de agilizar o processo de análise documental e diminuir a burocracia para apoiar os
municípios atingidos. De acordo com o governo do estado, técnicos do Ministério estão trabalhando presencialmente na Defesa Civil dando orientação aos municípios nesse intuito.

 

Atendimentos pelo Corpo de Bombeiros Militar

Ocorrências relacionadas com as chuvas registradas entre 15, 16 e 17 de outubro:

  • 105 atendimentos;
  • 80 viaturas;
  • 52 municípios;
  • 126 bombeiros empenhados

Acumulado de ocorrências e recursos desde o dia 03/10:

  • 1.865 atendimentos;
  • 348 viaturas;
  • 151 municípios;
  • 1.476 bombeiros empenhados.

Monitoramento meteorológico

A madrugada desta terça-feira, 17, ainda foi marcada por temporais em Santa Catarina, especialmente em áreas do Grande Oeste. Foram registrados chuva forte, raios, rajadas de vento severas e queda de granizo. Nas demais áreas, chuvas de fraca a moderada intensidade continuaram sendo observadas nesta manhã.

Nas próximas horas, permanece o risco elevado para temporais no Grande Oeste, Alto Vale do Itajaí e Planalto Norte. Essa condição, no entanto, também se estende para outras áreas do centro/leste e norte do estado. O risco é alto para ocorrências associadas às condições meteorológicas, especialmente nessas regiões.


Veja agora mesmo!

Clube de Caça e Tiro Itoupava Rega mantém tradições perdidas na região:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo