VÍDEO – Morador de Timbó viraliza após ser surpreendido pelos filhos com ingressos para Libertadores

Wilson nunca havia assistido ao Fluminense ao vivo

VÍDEO – Morador de Timbó viraliza após ser surpreendido pelos filhos com ingressos para Libertadores

Wilson nunca havia assistido ao Fluminense ao vivo

Alice Kienen

Uma família de Timbó realizou um sonho neste fim de semana: assistir ao Fluminense no Maracanã, no Rio de Janeiro. Para sorte deles, o time do coração foi campeão da Libertadores pela primeira vez e eles puderam presenciar a vitória pessoalmente.

O patriarca Wilson Maier, de 64 anos, achou que estava ganhando uma camisa do tricolor de aniversário, mas logo percebeu a carta que revelava o verdadeiro presente: ingressos para o jogo do último sábado, 4.

“Quero te agradecer por tudo que você fez por mim e retribuir um pouco o favor”, começou a carta. “Como você nunca conseguiu ver um jogo ao vivo do Fluminense, fizemos uma força e te presenteamos, além dessa camisa, com o privilégio de ver o Fluminense ao vivo”.

O pai, emocionado com o presente, mal conseguiu terminar a leitura. Com lágrimas e muito tremor, ele reforçava “não acredito”.

Veja o vídeo:

@jeffrmaier Realizacão de um sonho! Vamos tricolores!!!#fluminense #libertadores @Fluminense F.C. @KARLUS DANIEU ♬ som original – Jeff Maier

Em quatro dias o vídeo alcançou quase 1 milhão visualizações no TikTok. Outra publicação, com fotos da família curtindo o jogo, também acumulou mais de 115 mil visualizações.

Planejamento da surpresa

O filho Jefferson Renan Maier, que aprendeu a torcer para o tricolor com o pai, também acompanhou o jogo. Junto deles estava Sérgio Nilson Klug, sobrinho que Wilson trata como filho. Sérgio também levou os filhos Rodrigo, Ricardo e Rafael. A caravana foi completada pelo amigo da família Oswaldo Neuert, que apesar de ser gremista escolheu acompanhar o amigo na experiência.

“Eu, Sérgio e os filhos dele planejávamos ver o Fluminense na Libertadores há um tempo. Quando o time chegou nas quartas de finais decidimos comprar os ingressos mesmo sem saber se ele chegaria lá. Mas ainda faltava um ingresso pro meu pai”, conta Jefferson.

Foi então que começou a caçada por um ingresso, que só foi possível graças a um palmeirense que viu os apelos do filho. Jefferson contou com ajuda da irmã Jéssica Sayonara Maier, ex-atleta olímpica de Ginástica Rítmica, e cunhado Gustavo Mastelotto.

“Meu pai sempre foi muito emotivo e chorão, então sabíamos que seria um momento especial. Todos nós nos emocionamos juntos vendo ele realizando esse sonho dele. E meu também, porque sei que com a idade dele poderia não ter outra oportunidade tão cedo. Foi mágico viver isso, melhor momento que dividi com meu pai na vida. Ainda não caiu a ficha”, celebra Jefferson.

Veja mais fotos do grupo no estádio:

Leia também:

1. Conheça a família que viralizou após roubar a cena no desfile da Oktoberfest Blumenau
2. MP-SC quer saber se assassino de vendedor de paçocas comprou a faca no supermercado
3. Demolição do Grand Trianon: o que dizem Prefeitura de Blumenau e defesa do condomínio
4. “Atleta solidário, muito prazer”; quem é morador de Blumenau que quebra próprios recordes por ações sociais
5. Aluno de colégio de Blumenau representará SC em intercâmbio nos EUA


Veja agora mesmo!

Campeã sete vezes no chope em metro: a paixão de Tatiane Choinacki pela Oktoberfest Blumenau:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo