Cachorrinho morre e mulher tem ossos quebrados após ataque de pitbull em Blumenau

Caso aconteceu neste fim de semana no bairro Vila Nova

Cachorrinho morre e mulher tem ossos quebrados após ataque de pitbull em Blumenau

Caso aconteceu neste fim de semana no bairro Vila Nova

Alice Kienen

Uma mulher de 42 anos e dois cachorros pequenos foram atacados em Blumenau por dois cães de grande porte, sendo um deles um pitbull. A cena de horror que traumatizou Cláudia Di Pierri ocorreu no sábado, 20, na rua Pinheiro Machado, no Bairro Vila Nova.

A rua sem saída onde a vítima mora é comumente ocupada pelos animais. Segundo ela, os tutores deixam os dois cães soltos, mesmo sabendo que eles já atacaram outros moradores antes.

Cláudia teve dois ossos do pulso quebrados e ainda não sabe se conseguirá recuperar o movimento da mão. Ainda assim, a dor maior foi a perda da cachorrinha Ariel, que não sobreviveu aos ferimentos do ataque e morreu.

Arquivo pessoal

“Em um segundo o pitbull tava em cima da gente. Peguei os dois no colo, mas ele puxou a Ariel. O outro eu consegui jogar por cima do muro. Só por isso ele tá vivo aqui comigo. Como sabia que era ou eles ou eu, voltei correndo. Tenho uma filha pequena e só consigo agradecer por ter deixado ela no apartamento”, conta emocionada.

Leia também: Cão morre após ser picado por serpente em Blumenau

Além de psicóloga e corretora de imóveis, Cláudia também é protetora animal. Portanto, compreende que não se trata de um problema com a raça do animal, e sim com o fato de os cães estarem soltos sem segurança.

“Me pergunto se eles são maltratados ou passam fome pra agir assim. O que me preocupa é pensar que poderia ser uma criança. Os vizinhos sempre estavam na rua brincando e desde então ninguém tem mais coragem de ir lá fora. Eu nunca tive ansiedade e agora estou tendo crises de pânico o tempo todo”, alerta.

De acordo com Cláudia e com o síndico do prédio, Sérgio Rafael Foster, já houve tentativas de contato com os moradores da cada. Entretanto, não houve sucesso para comunicar a situação a eles.

Arquivo pessoal

Antes mesmo do ataque, na semana passada, o síndico já havia feito um comunicado aos moradores do condomínio sobre os riscos de interagir com os cães que ficavam na rua. Ele também ressaltou que cobrou os órgãos públicos que tomem providências.

“Eu estou apavorada. Ainda não consegui sair na rua. Mas o mais pesado foi perder minha cachorra. Eu tive que assistir ela ser rasgada ao meio em dois. Só depois que levei ela ao hospital percebi que minha mão estava destruída”, relata.

A Polícia Militar foi acionada e um boletim de ocorrência foi registrado. Cláudia está apenas aguardando o laudo médico da morte de Ariel e dos ferimentos dela para dar entrada em um processo judicial.

Criação é proibida em Santa Catarina

A criação e comercialização de cães da raça Pitbull está proibida em Santa Catarina desde 2007 pela lei estadual nº 14.204. A multa prevista é de R$ 5 mil, podendo dobrar o valor em caso de reincidência. Porém, a Lei não deixa claro quem faz a fiscalização nos municípios.

A legislação determina que “fica proibido, no Estado de Santa Catarina, a criação, comercialização e circulação de cães da raça Pit Bull, bem como das raças que resultem de seu cruzamento, por canis ou isoladamente no Estado de Santa Catarina”.

Prefeitura se pronunciou sobre o ocorrido

A Prefeitura de Blumenau lamenta o acidente ocorrido com uma blumenauense no último sábado, dia 20, quando foi agredida por um cão da raça Pitbull. O município informa que o caso foi notificado ao Serviço de Vigilância Epidemiológica na última segunda-feira, dia 22, pelo Ambulatório Geral Heinz Schrader (AG Centro) quando a vítima procurou atendimento médico.

O município salienta que vítimas de acidentes envolvendo mordidas e picadas de animais devem procurar um serviço de saúde, que dependendo da gravidade poderá ser de emergência, que posteriormente farão a notificação ao Serviço de Vigilância Epidemiológica do município para orientação e indicação de tratamento com uso de medicamento, em caso de necessidade.

Colaborou Jotaan Silva


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo