Limpeza urbana é retomada em Blumenau após um mês

Empresa responsável deve roçar e limpar ao menos 17 ruas durante essa segunda-feira

Limpeza urbana é retomada em Blumenau após um mês

Empresa responsável deve roçar e limpar ao menos 17 ruas durante essa segunda-feira

Redação

A limpeza urbana da cidade de Blumenau foi retomada nesta segunda-feira, 15, após mais de um mês sem manutenção das vias da cidade. O anúncio da extinção da Companhia Urbanizadora de Blumenau (URB) veio acompanhado de um período de adaptação até que os contratos emergenciais fossem feitos.

A prioridade da Racli, empresa responsável pelo serviço, é a limpeza dos principais corredores de serviço da cidade. Ao menos 17 ruas serão atendidas neste primeiro dia e o cronograma inclui limpezas diárias na região central da cidade. Incluindo praças, parques e a varreção das ruas.

Karolina Bonin/Prefeitura de Blumenau

As primeiras vias a receberem o serviço são Água Branca, Johann Off, Gustavo Zimmermann, Guilherme Scharf, Engenheiro Udo Deeke, Via Expressa, Samuel Morse, Professor Hermann Lang, Progresso, Santa Maria, Amazonas, Da Glória, Brusque, Centenário, Emílio Tallmann e Júlio Heiden.

Os funcionários trabalham em cinco frentes. A Racli já contratou 135 trabalhadores da URB para continuarem as atividades. Ao decorrer dos serviços, mais pessoas devem ser efetivadas. Na Orcali, focada nas escolas municipais, já são 47 contratados.

Os três contratos firmados com a Racli em 5 de abril têm duração de seis meses e custaram R$ 8.328.552,00. A zeladoria e limpeza de escolas feita pela Orcali deve custar R$ 2.289.552,36.

De acordo com o poder público, este valor não pode ser comparado aos gastos da URB, pois a empresa apresentava dívidas muito altas e seu funcionamento não era mais possível.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo