Pai e madrasta são presos por estupro de menina de 12 anos que ficou grávida em SC

Abusos aconteciam porque a madrasta tinha dificuldade para engravidar

Pai e madrasta são presos por estupro de menina de 12 anos que ficou grávida em SC

Abusos aconteciam porque a madrasta tinha dificuldade para engravidar

Redação O Município Blumenau

Um casal foi preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável em Barra Velha, no Litoral Norte de Santa Catarina. A vítima era filha do agressor e foi abusada ao longo de três anos com o objetivo de engravidar.

Conforme divulgado pela polícia, os estupros aconteciam habitualmente desde quando a vítima tinha apenas nove anos e se estendeu até os seus 12 anos. A constante violência resultou em uma gravidez.

A menina deu à luz a um bebê há aproximadamente seis meses. Segundo apurado pelos policiais, a madrasta tinha dificuldade para engravidar e permitia os abusos. Ela tinha o desejo de assumir a maternidade pela gravidez da enteada.

Por esse motivo, no início da gravidez, o casal dissimulava afirmando que a criança teria engravidado de um desconhecido. Apesar dos esforços do casal, a trama e os abusos foram descobertos.

A paternidade do bebê foi comprovada ao longo da investigação, inclusive através de exame de DNA. Após a descoberta, o pai e agressor fugiu para área rural da cidade de Araquari, porém foi encontrado.

Ambos os envolvidos já foram denunciados pelo Ministério Público e presos preventivamente pela Polícia Civil.

Leia também:

Covid-19: Blumenau inicia aplicação da vacina em crianças com mais de três anos
Polícia Civil se pronuncia sobre investigação de casal encontrado morto em Timbó
Levantamento aponta que Timbó está entre as 30 mais antipetistas do Brasil; confira a lista
VÍDEO – Homem é agredido por torcedores após partida entre Brusque e Grêmio
Governo anuncia data para iniciar pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo