PM de Blumenau ocupa morro Dona Edith e promove ações sociais na comunidade

Policiais ficarão no local por tempo indeterminado

PM de Blumenau ocupa morro Dona Edith e promove ações sociais na comunidade

Policiais ficarão no local por tempo indeterminado

Bianca Bertoli

A Polícia Militar (PM) ocupa a rua das Comunidades, mais conhecida como morro Dona Edith, no bairro Velha Grande. Porém, a ação é diferente do que costumam ser as ocupações policiais. O objetivo é trazer soluções para a rotina dos moradores através de parcerias com outros órgãos públicos, além, é claro, do combate à criminalidade.

O ônibus da PM chegou nesta quinta-feira, 1º, e parou no alto do morro. Ali, policiais ficarão dia e noite por tempo indeterminado. A ideia, segundo o comandante do Batalhão da PM de Blumenau, Jefferson Schmidt, é ouvir as demandas e tentar tornar o local mais seguro com a presença dos agentes.

“Há profissionais, como de redes de telefonia, que não sobem a rua porque dizem ter medo. Estamos ali para mostrar que não há o que temer. É uma comunidade pacífica, com problemas como qualquer outra”, defende.

Ao chegar, os policiais constataram inúmeras lâmpadas queimadas nos postes. A PM solicitou o conserto e uma equipe já foi até o local. Além disso, a Prefeitura inserirá identificação nas casas sem numerações, levará atividades recreativas para crianças, criará um polo de iniciação esportiva e analisará a possibilidade de revitalizar um campo de futebol que existe na comunidade.

Jefferson Schmidt/PM

Os geólogos da Defesa Civil aproveitarão a oportunidade para conversar com quem vive em áreas de risco sobre o mapeamento geológico. A meta é levar sugestões para tornar o terreno mais seguro, além de palestras e rodas de conversas.

“Queremos resgatar a comunidade com a nossa presença. Se nós zerarmos o número de ocorrências enquanto estivermos ali já está bom”, deseja Schmidt.

A operação, batizada de Mãos Dadas, é cópia do modelo adotado recentemente na capital. Se for bem recebida e trouxer resultados, provavelmente será repetida em outros pontos sensíveis da cidade, antecipa o comandante.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo