+

Conheça a blumenauense que soma 700 mil seguidores mostrando o preparo da lancheira de sua filha

Gabriela de Lins também faz vídeos de receita e do dia a dia

O que começou como um diário para acompanhar a evolução alimentar da filha mostrando o preparo da lancheira, se tornou um trabalho para Gabriela de Lins Hosch Marconcini. A blumenauense criou a conta “Diário da Lancheira e desde então compartilhFa a rotina alimentar da filha, Esther Marconcini, para mais de 700 mil seguidores, somando o Instagram e o TikTok.  

Gabriela começou a gravar os vídeos em 2022, quando Esther entrou na primeira série do Ensino Fundamental. Até aquele momento, a menina frequentava a creche e tinha a alimentação no local. “Minha filha estava em uma fase super seletiva, até mesmo na creche ela já não queria comer mais  nada e isso me preocupou muito”, conta. 

Esther também tem apraxia de fala, um distúrbio que causa dificuldade na pronúncia de palavras e sílabas, e Gabriela ficou com medo de que a filha não conseguisse avisar caso estivesse com fome. “Antes de começar as aulas, comecei a praticar as lancheiras em casa, fazendo receitas diferentes”, relata. 

Gabriela também incentivava a filha a comer frutas, de forma lúdica, decorando a lancheira com temas. Foi ali que a blumenauense criou o Instagram, para publicar fotos das lancheiras. 

@diariodalancheira Aprovada a lancheira de hoje ? #lancheira #lancheirasaudavel #lancheirainfantil #montandolancheira #lancheirainfantil ♬ som original – Diário da Lancheira


“O nome Diário da Lancheira nasceu para acompanhar a evolução da alimentação Esther, como um diário mesmo”, conta. Na mesma época, um streamer famoso começou a reagir a vídeos de mãe fazendo lancheiras para os filhos, fazendo o interesse pelo conteúdo crescer. 

Foi assim que o marido de Gabriela deu a ideia de criar uma conta no TikTok, fazendo-a alcançar a marca de 500 mil seguidores na plataforma, mostrando o preparo da lancheira. No início, os vídeos eram no estilo ASMR, um estilo de conteúdo sem narração utilizando apenas o barulho de objetos. 

Tentando novas coisas, Gabriela narrou um vídeo e como a resposta foi positiva, a blumenauense começou a fazer vídeos apenas neste estilo.

Preparo da lancheira: crescimento rápido

Gabriela nunca imaginou que seus vídeos poderiam viralizar ou que as redes sociais poderiam crescer tão rápido. “No começo eu fiquei com um pouco de medo porque na internet, geralmente, o que viraliza nem sempre é algo positivo”, conta. 

O primeiro vídeo viral do Diário da Lancheira alcançou 13 milhões de visualizações, mas nem todos os comentários foram bons. “Fiz um pão em formato de estrela recheado com creme de avelã. Mas o pessoal criticou tudo, desde o tamanho do pão até o creme de avelã”, relembra. 

@diariodalancheira Faltou alguma coisa na lancheira de hoje ? 🤪😍#lancheira #lancheirainfantil #lancheiraescolar #LancheiraDivertida #lancheira #lancheirinha ♬ som original – Diário da Lancheira

Apesar disso, Gabriela não parou com os vídeos. Segundo ela, o propósito nunca foi agradar as pessoas e sim o desenvolvimento de sua filha. Atualmente, o TikTok e o Instagram somados refletem em 700 mil pessoas que acompanham o diário. 

“É meio louco, ainda não me acostumei com a quantidade de seguidores. Mas o retorno das pessoas é incrível, eu adoro muito”, conta. Gabriela viu que muitas mães passaram a se identificar com o conteúdo e isso a trouxe força para continuar inovando sempre.

Edição e gravação do preparo da lancheira

O processo de gravação dos vídeos acontece na cozinha da residência de Gabriela, em uma bancada próxima à janela. “Comecei com um celular e áudio de qualidade inferior, mas com o tempo fui melhorando”, explica. A edição é feita pelo celular e pela própria blumenauense. 

Foto da lancheira feita por Gabriela. | Crédito: Arquivo Pessoal

O conteúdo começou com as lancheiras, porém foi se expandindo conforme Gabriela se encontrava na plataforma. Com a responsabilidade de fazer um bom conteúdo, ela começou a estudar sobre alimentação infantil. 

“Foi assim que surgiu o quadro para fazer receitas caseiras. Também, com o tempo, começamos a aparecer mais criando um vínculo muito especial com as pessoas”, conta. 

Arquivo Pessoal

O conteúdo se tornou ainda mais importante após o diagnóstico de Esther de apraxia de fala. Os seguidores foram receptivos com as blumenauenses e as ajudaram com mensagens e relatos. “Hoje a página se tornou um diário da nossa vida”, completa.

Planos futuros

Uma das conquistas de Gabriela por conta do “Diário da Lancheira” foi a loja online com produtos utilitários. A loja vende os potes e utensílios utilizados por ela. Para o futuro, Gabriela quer continuar gravando vídeos e inaugurar sua primeira loja física em Blumenau.

Leia também:
1. “Ciclo encerrado”: proprietária explica motivo para encerrar atividades de tradicional loja de Blumenau
2. Homem afirma ter contraído infecção após receber três injeções em hospital de Blumenau
3. Dupla que negociava arma de calibre restrito dentro de carro é presa em Blumenau

4. El Niño: saiba como fenômeno vai agir em SC nos próximos três meses
5. Rua Arnold Hemmer é liberada provisoriamente em Blumenau


Veja agora mesmo!

Presidente do BEC fala sobre os planos para o time em 2024:

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo