Na tarde de quarta-feira, 24, houve uma reunião no gabinete do deputado estadual Ricardo Alba (PSL) entre o deputado e a diretora Adriane Machado, do Hospital Beatriz Ramos, de Indaial, para definir a abertura de mais cinco leitos de Unidade de Terapia Intensiva para pacientes Covid no município, no Vale do Itajaí.

Por telefone, Alba conversou com o secretário de Saúde do Estado de Santa Catarina, André Mota Ribeiro, para que o Governo do Estado conseguisse viabilizar parte da estrutura para que esses leitos excedentes fossem abertos.

O secretário também conversou com a diretora do hospital e ficou acordado que o hospital disponibilizará toda a estrutura física e material humano para esses novos leitos e o Governo do Estado entrega os respiradores necessários ainda nesta quinta-feira, 25, e outros equipamentos serão providenciados nos próximos dias.

Segundo Adriane Machado “hoje, 100% dos leitos Covid daquele hospital estão ocupados e a habilitação de novas unidades é fundamental”. A diretora do hospital ressaltou também que o auxílio do deputado Alba foi de vital importância, pois acabou agilizando todo o processo que poderia levar vários dias.

Atualmente o hospital de Indaial tem dez leitos UTI Covid e esses novos cinco representariam um aumento de 50% na capacidade de atendimento dessas unidades. O encontro contou também com a presença de vereadores de Indaial, que também agradeceram o pronto atendimento do secretário de Estado, que participou por telefone, já que se encontra em Brasília.

O secretário manifestou o maior interesse em colaborar na abertura desses leitos UTI”, comemorou o Ricardo Alba. O deputado disse também que fica feliz em poder colaborar para que haja sintonia fina e rapidez na habilitação desses leitos, colaborando para a saúde na região. Na reunião ainda se aventou a possibilidade de estudos para a abertura de mais outras cinco unidades, o que dobraria a capacidade de atendimento em Indaial. Porém, esses outros cinco a mais, dependem de confirmação de material humano disponível e mais equipamentos.

Esse é um dos momentos mais críticos dessa pandemia não só aqui no Vale do Itajaí, mas em todo o estado de Santa Catarina e se a população não levar a sério as restrições de convívio e os decretos do Governo do Estado, muito em breve poderemos não ter mais condições de atender nenhum outro contaminado com o coronavirus que precise de cuidados específicos, como de respiração artificial.

Os governos podem ter as suas falhas, mas nesse momento quem mais está falhando é a própria população que não respeita a proibição de aglomeração, não cumpre os cuidados de higiene, não evita sair de casa por qualquer motivo e não colabora principalmente com aquelas pessoas que mais serão prejudicadas com um possível contágio, que são pessoas com doenças pré-existentes.

Nesse momento mais grave da pandemia é preciso do máximo de cuidado e um mínimo de respeito com o próximo, pois não sabemos até quando todo esse caos irá durar e as coisas só vão melhorar se cada um fizer a sua parte.

Todo mundo conhece alguém que sofreu ou morreu por conta da Covid-19 e tenho certeza que ninguém quer fazer parte dessa estatística.


Receba notícias direto no celular entrando nos grupos de O Município Blumenau. Clique na opção preferida:

WhatsApp | Telegram


• Aproveite e inscreva-se no canal do YouTube

Deixe uma resposta