Justiça decreta prisão preventiva do motorista que se envolveu em acidente com duas mortes na BR-470

Evanio Wylyan Prestini passou por audiência de custódia na manhã deste domingo

Justiça decreta prisão preventiva do motorista que se envolveu em acidente com duas mortes na BR-470

Evanio Wylyan Prestini passou por audiência de custódia na manhã deste domingo

Redação

Evanio Wylyan Prestini, 31 anos, o motorista de um Jaguar envolvido num acidente com duas mortes na BR-470, em Gaspar, teve a prisão preventiva decretada na manhã deste domingo, 24. A decisão foi tomada em audiência de custódia, que foi antecipada. Ela estava prevista para 15h.

Na decisão, a juíza de plantão, Claudia Inês Maestri Meyer, converteu a prisão em flagrante em preventiva “para garantia da ordem pública, conveniência da instrução criminal e para assegurar a aplicação da lei penal”. Prestini será levado ao Presídio Regional de Blumenau, mas pode tentar recurso a tribunais superiores.

O despacho da juíza ainda assinala:

“Pela forma como o delito ocorreu, pela presença de grande quantidade de álcool no corpo do conduzido, pelas inúmeras garrafas de bebida alcoólica que guardava em seu veículo e pela comprovação através do referido vídeo feito por terceiro estranho e desinteressado no qual fica comprovado que o conduzido dirigiu por vários quilômetros de forma perigosa e quase causando outros acidentes, é possível concluir que ao permanecer dirigindo alcoolizado, o conduzido assumiu o risco de causar um mal a outras pessoas, como de fato ocorreu. O conduzido possuía outras alternativas para evitar o efeito danoso, mas aceitou a possibilidade de vitimar terceiros ao invés de aguardar até que tivesse condições de conduzir seu veículo com segurança. Não há dúvidas de que a capitulação do delito deve ser alterada para duplo homicídio qualificado e tripla tentativa de homicídio.”

Um esquema de segurança foi montado em torno do Fórum de Blumenau, com cavaletes cones e profissionais armados. Ninguém pode se aproximar da porta do prédio. O acesso também foi negado à reportagem de O Município Blumenau, que acompanhou a movimentação com exclusividade.

Curta a página de Facebook do Município Blumenau para acompanhar os desdobramentos do caso.

Amigos das vítimas marcaram uma manifestação neste domingo, 24, para exigir que o motorista permanecesse preso. A concentração começaria às 14h, uma hora antes do horário previsto para a audiência de custódia.

Evanio Wylyan Prestini dirigia o Jaguar que bateu de frente contra um Palio onde estavam cinco jovens. Duas delas morreram: Suelen Hedler da Silveira, 21, e Amanda Grabner, 18. Outras duas mulheres, que não tiveram as identidades divulgadas, também se feriram.

Prestini havia ingerido bebida alcoólica antes de dirigir e foi filmado dirigindo em zigue-zague minutos antes da batida. Um chamado foi feito à Polícia Rodoviária Federal de Blumenau avisando sobre o perigo que o Jaguar representava. Porém, o veículo não foi abordado. A PRF disse que vai investigar a conduta dos agentes que estavam de plantão no posto.

Arquivo pessoal
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo