+

“Fazer gestão de respeito aos policiais e à população”; conheça projetos de nova delegada regional de Blumenau

Delegada Juliana Tridapalli é a primeira mulher a assumir o cargo na região

Desde o dia 1 de fevereiro deste ano, a 13ª Regional da Polícia Civil de Blumenau – que compreende 12 cidades – tem novo comando. A delegada Juliana Tridapalli se tornou a primeira mulher a assumir o cargo, o que já torna o feito histórico.

Mas além da simbologia que a nomeação envolve, a delegada afirmou que quer deixar um legado na posição com realizações importantes para a Polícia Civil e comunidade. Em entrevista exclusiva ao jornal O Município Blumenau, a delegada Juliana comentou sobre os primeiros passos a frente do cargo.

“Sinto o peso da responsabilidade de ser a primeira mulher exercer esse cargo. Mas tenho o plano de colocar uma visão feminina nesse comando. Fazer uma gestão de respeito aos policiais e à população. Por isso quero e vou conhecer todas as delegacias dos 12 municípios, que são quase 20. Conheço algumas já, mas quero mais a fundo, e também os policiais, porque é dessa forma que vou conseguir sentir as dificuldades e traçar as prioridades de cada local”, afirma.

Vinda da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), onde ficou por muitos anos, Juliana afirma que é natural ter planos específicos para essa área. Programas para mulheres vítimas de violência e projetos envolvendo policiais mulheres estão no cronograma da nova delegada regional.

Estruturas físicas 

Apesar de estar apenas há uma semana no cargo, a delegada já está ciente e acompanhando os trâmites relacionados a melhorias das estruturas das delegacias em Blumenau. Recentemente, a 2ª Delegacia de Polícia e a DPCAMI tiveram novas sedes inauguradas. Outras duas novas estruturas estão em planejamento, mas precisam de cobrança e acompanhamento, segundo Juliana.

“Já temos o imóvel na XV de Novembro, para a 1ª delegacia, que estamos aguardando o projeto para a reforma, já licitado (…) Mas o mais dificil hoje é do Complexo da Polícia Civil. Recebemos o terreno do município e até tinhamos os orçamento destinado, mas o ex-governador Moisés vetou esse recurso. Então precisamos buscar, com urgência, recolocar no orçamento, porque temos prazos para cumprir”, explica.

Efetivo policial

Além da estrutura, outra demanda que sempre é pauta para a delegacia regional é a busca por mais efetivo. Recentemente Blumenau teve a criação de uma nova delegacia, especializada em Delitos de Trânsito e Crimes Ambientais. Mesmo assim, nenhum aumento de efetivo ocorreu. Ou seja, tiveram de reaproveitar policiais e delegado de outras delegacias.

“É uma busca constante. Todos delegados que já passaram por essa batalha, que também terei”.

Leia também:
1. Paciente deixa mensagem de agradecimento a equipe hospitalar de Blumenau
2. VÍDEO – Mulher em situação de rua em Blumenau é encontrada pela família
3. Blumenau terá franquia de famosa rede de bares; saiba onde será e conheça proposta do local
4. Idosa morre enquanto cortava grama no Alto Vale do Itajaí
5. Saiba quando e onde será velório de Bia Pasold


– Assista agora:
André Espezim comenta sobre carreira, política e próximos projetos

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio
Artigo anterior
Próximo artigo